Valor da hora aula particular: Você sabe quanto cobrar?

Quanto cobrar por aula particular?

Confira um método simples para te ajudar a cobrar por suas aulas particulares.

Você verá que é mais fácil do que pensava.

Também veja um vídeo sobre o quanto cobrar por reforço escolar, além de um exemplo de anúncio para suas futuras aulas.

Vamos conferir?

Quanto cobrar por aula particular?

quanto cobrar por aula particular

Um jeito simples para você saber o quanto cobrar por aula particular é pegar como base o valor pago hora/aula de acordo a prefeitura de sua cidade.

Exemplo;

  • Em Sorocaba um professor da Educação Básica recebe por volta de 24 reais hora/aula

Conhecido o valor, adicione seus custos (transporte, materiais usados na aula) e terá o quanto cobrar por aula particular.

Simples não?

Lembrando que estamos falando de valores da Educação Básica. Sendo assim, você deve ir ajustando os valores de acordo a sua especialização.

Você também pode se basear no piso salarial de acordo ao sindicato dos professores.

Para isso, utilize a convenção coletiva do sindicato dos professores da sua região.

Ele será o seu melhor ponto de partida.

Você também pode dar aulas online, já pensou nisso?

Valor da hora aula particular na educação infantil

Não há um valor fixo de hora aula particular para atender a educação infantil.

Mas o que você pode fazer, é consultar o sindicato de sua região.

Por exemplo, se você mora na cidade de São Paulo, pode consultar no SinproSP a convenção coletiva do ano atual.

Na convenção coletiva de São Paulo não há um valor hora para professores de educação infantil, mas sim um piso mensal.

Esse piso em 2021 é de R$ 1581,70, sendo a jornada semanal de 22 horas.

Com essas informações em mãos, o que você faz?

Divide o valor mensal por 88. O resultado (18 reais) não é o valor que você irá cobrar de uma hora aula particular para a educação infantil.

Calma!

É preciso adicionar os custos com materiais, custos com transporte. Ao fazer isso, chegamos perto da média cobrada em São Paulo.

Valor hora de 60 reais na cidade de São Paulo.

Aula particular 1 ao 5 ano quanto cobrar?

Podemos partir do mesmo principio sobre o quanto cobrar para alunos do 1 ao 5 ano tendo como base a educação infantil.

Observe que na convenção coletiva da cidade de São Paulo, o sindicato não distingue a educação infantil do ensino fundamental (1 ao 5 ano).

Sendo assim, confira se há diferenças de valores no sindicato de sua região.

Não havendo, você pode cobrar os mesmos 60 reais que cobraria para a educação infantil ou alunos do 1 ao 5 ano.

Claro, você pode flexibilizar isso se não precisar ir na casa do aluno, se não precisar de materiais extras.

Reforço escolar quanto cobrar?

Leve em consideração os pontos abaixo para cobrar um preço mais justo pela sua aula de reforço.

A disciplina (matéria)

Em primeiro lugar, reservar um tempo para escolher as disciplinas que vai ensinar é essencial. Pode parecer óbvio, mas, na realidade, nem sempre é o caso.

Você deve escolher UMA área na qual você é especialista.

Ou pelo menos tem afinidade.

Digamos, por exemplo, que você está estudando engenharia na universidade.

Nesse caso, o melhor seria ensinar ciências, como matemática ou física, porque é uma área que você realmente domina.

Graças a este conhecimento certificado por um diploma, terá a possibilidade de oferecer as suas aulas por um preço superior.

Os alunos tendem a pagar mais se virem que você é um especialista e se você realmente pode ajudá-los a melhorar seu nível no assunto.

Resumindo, é muito importante valorizar seu diploma e suas habilidades.

A experiência

quanto cobrar por aula particular

A segunda variável a levar em conta para saber o quanto cobrar por aula particular é a sua experiência com o assunto e com o ensino.

Este critério terá uma grande influência no salário de um professor particular.

Da mesma forma que a expertise, a experiência tranquiliza os alunos que estão dispostos a investir dinheiro em suas aulas.

Se você tiver mais experiência em ensino, ficará mais confiante e confiável na sala de aula.

Assim podendo cobrar até mais do que a média de sua cidade. Caso esteja iniciando, utilize os valores vistos na convenção do sindicato como ideia de onde partir.

O nível

Além disso, você também deve olhar para o nível da disciplina que gostaria de ensinar.

Há uma diferença entre um professor universitário e um professor de apoio ao dever de casa.

É o mesmo com os idiomas. De acordo com o seu nível, você poderá ensinar alunos em nível avançado ou iniciantes.

Obviamente, quanto mais alto for o nível, mais alto será o preço que você pode cobrar.

O tempo de preparação

tempo de preparação das aulas

Finalmente, o preço pode mudar de acordo com o tempo gasto na preparação das aulas.

Se uma aula exige que você crie exercícios ou faça pesquisas, você pode cobrar mais.

Afinal, isso exigirá mais tempo do que se pudesse chegar na sala de aula sem qualquer preparação.

Portanto, é óbvio que o preço vai mudar. Mas o tempo de preparação não depende apenas do professor e do seu investimento, mas também da matéria e do nível ministrado.

Algumas matérias exigem menos trabalho do que outros.

Enfim, quanto cobrar por reforço escolar?

Novamente, não há um valor fixo aqui. Isso dependerá muito da matéria e de sua experiência.

Na dúvida, você pode usar o método simples que passei aqui.

  • Pegue o valor hora divulgado na convenção coletiva do sindicato de sua região e adicione seus custos!

O vídeo abaixo também te ajudará a dar preço em seu reforço escolar

Exemplos de anúncios de aulas particulares

Exemplos de anúncios de aulas particulares

Um site bem legal na internet para te ajudar a criar seus anúncios é o https://edit.org/br/

Nele você encontra o cartaz acima e muitos outros.

Agora para fazer um anúncio “matador”, o site https://www.superprof.com.br recomenda que você:

  • Identifique quais as disciplinas nas quais você é um expert
  • Trace seus objetivos pessoais e profissionais acerca da prática de dar aulas
  • Liste de forma clara a sua formação
  • Liste a sua experiência profissional acerca da área na qual irá oferecer aulas particulares
  • Ponha no papel sua rede de contatos e deixe-os saber que você oferece aulas particulares
  • Use as redes sociais, as plataformas online e sites especializados para a divulgação
  • Defina quais as modalidades de aulas você irá oferecer
  • Defina o preço das modalidades de aulas
  • Divulgue em espaços escolares

Leia também:

Tudo o que você precisa saber sobre dar aulas online

Fonte: How to set the prices for my online classes?

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x